Leia sempre, a leitura transforma.

Leia sempre, a leitura transforma.



terça-feira, 21 de março de 2017

As tantas lições do cromossomo 21

Lucas Cogo Miletto
            Neste dia 21/3 não poderia deixar de escrever sobre este cromossomo tão especial que acrescenta tanto na vida de quem convive com estes seres que o carregam na sua genética.
            Alguns alunos passaram na minha sala de aula: João Abel, Maria Emília, Paulinho, Laís e neste ano a Gabi. Outros tantos na Escola Especial  e a Débora na convivência da escola Clotário. Muito aprendi com vocês queridos alunos, principalmente aprendi o olhar especial que precisamos ter em sala de aula e o conhecimento e sintonia que precisamos buscar para trabalhar com vocês. Cada um traz características únicas que os torna muito especiais. Gratidão meus queridos alunos!
            Tive também o privilégio de viver e experenciar o cromossomo 21 vinte e quatro horas por dia, por oito anos e meio com o Lucas, meu filho amado, meu mestre que me deu esta oportunidade de viver o presente de uma maneira intensa, cheia de amor, feliz, assim eles vivem.
            Muitas vezes pensei o que mais posso fazer para seu desenvolvimento, sua aprendizagem. (Agradeço a todos os profissionais que participaram da sua trajetória.) Nem sempre isso é o mais importante. Ele me trazia para o aqui e agora, para eu viver e curtir o presente, sem as preocupações com o futuro.
            Permitir-se viver o presente, paciência, muita paciência e amar incondicionalmente são as grandes lições do cromossomo 21. O mundo está carente do que eles têm para nos ensinar. Uma lição simples e ao mesmo tempo difícil. Quando amamos incondicionalmente tudo superamos e as barreiras são ultrapassadas, a paciência nos traz para o momento presente, quando vivemos o presente nos encontramos com um ser maravilhoso que habita dentro de nós, atingimos nossa essência.
            Que grande lição eles nos proporcionam!

Gratidão filho amado, amo-te incondicionalmente neste presente e para sempre e recebo o teu amor.

Denise Cogo Miletto, 21 de março de 2017.

Um comentário:

  1. Que texto lindo, querida Denise. Nos faz refletir e entender os mistérios da vida. Você tem uma luz e fos-te luz para o Luquinha e és para outras tantas crianças. Você é muito especial pra mim. sempre com uma palavra sábia nos momentos em que precisei. Gratidão Denise.

    ResponderExcluir