Leia sempre, a leitura transforma.

Leia sempre, a leitura transforma.



sexta-feira, 30 de março de 2018

Biblioterapia foi tema de evento na UFF

Nanci Nobrega falou sobre Biblioterapia. Foto: Luciana Rodrigues
No dia 12 de março é comemorado o dia do bibliotecário e este ano a nova gestão do Conselho Regional de Biblioteconomia da 7ª região (CRB-7), eleita recentemente, incentivou as instituições do estado do Rio de Janeiro a comemorarem o dia do bibliotecário durante todo o mês de março.
Os bibliotecários da Biblioteca Central do Gragoatá da Universidade Federal Fluminense (BCG/SDC/UFF) organizaram um evento cujo tema foi Biblioterapia (Bíblio + terapia, que significa o cuidar das emoções e sentimentos através de literatura selecionada). Embora não seja um tema novo, este ainda é pouco explorado na formação acadêmica e muitos desconhecem esse ramo para atuar. No 1º andar da BCG, uma mesa foi organizada sobre o tema onde estão expostos livros, alguns trabalhos de conclusão de curso da Universiade e periódicos do acervo da biblioteca.
O evento contou com a participação da professora Nanci Nóbrega, pós-doutora em letras pela PUC-Rio, professora de biblioteconomia aposentada da UFF e pesquisadora do Instituto Interdisciplinar de Leitura/Cátedra UNESCO de leitura PUC-Rio. Esta comemoração aconteceu na última segunda-feira, dia 19 de março de 2018, na Sala Paulo Freire, no Bloco D da Faculdade de Educação (Campus Gragoatá, UFF).
Além dos bibliotecários e alunos das instituições (UFF, UFRJ e Unirio), o evento contou com a presença da psicóloga e biblioterapeuta Cristiana Seixas, que é mestranda em Educação/UFF e autora do livro Vivências em Biblioterapia: práticas do cuidado através da literatura. Estavam presentes também Débora Ambinder, superintendente de Documentação (SDC/UFF), Ângela Albuquerque de Insfrán, chefe da Biblioteca Central do Gragoatá (BCG), e Marcelo Marques Oliveira, presidente do CRB-7.
Na abertura, a importância do profissional foi mencionada em diversas áreas e, principalmente, nas universidades, estando presente em todos os lugares da instituição, principalmente, nas bibliotecas universitárias. O presidente do CRB7 fez um breve relato de experiência na Biblioteca Popular Municipal Aguinaldo Pereira de Macedo, na Vila Ipiranga, em Niterói. Lá desenvolve um projeto com idosos, onde há o Clube de Leitura (leituras de livros infantis carregadas de emoções e sentimentos, como o livro A cidade dos carregadores de pedras) e outras atividades como assistir filmes e passeios em museus.
Nanci proferiu a palestra Biblioterapia: a leitura como cuidado, onde a biblioteconomia foca no social, pois a Biblioterapia é o compartilhamento de leituras com o outro; é quando acontece o diálogo entre as pessoas e as leituras, sendo uma reconstrução constante do ser. Segundo a rofessora, a Biblioterapia é uma ação semelhante à mediação de leitura e diferente de performance de leitura.
A Biblioterapia é humanização. É preciso estar atento ao silêncio; para ter diálogo, é preciso escutar e olhar. A Biblioterapia é transdisciplinar e trabalha no plural (leituras e interpretações). Durante o trabalho de selecionar os textos, as perguntas: “Para que/quem? Por quê? Como?” são fundamentais, pois direciona a atenção e a intenção; é um trabalho de “bastidores”, onde seleciona ao mesmo tempo leitura para o ouvinte coletivo e o ouvinte individual, independente da idade: do bebê na creche ao idoso no asilo.
Nanci mencionou que “quanto mais leitor, melhor ledor”, é a leitura como um todo. Nesta hora, me remeteu ao pensamento de Paulo Freire “A leitura do mundo precede a leitura da palavra”, e compreendi quando a palestrante iniciou a sua apresentação fazendo uma singela homenagem ao educador e a vereadora Marielle Franco, como sonhadores que tinham como ideal transformar o mundo.
A professora participa de dois grupos de estudos de Biblioterapia: Grupo Ledores iiLer PUC-Rio e do AYTY (Ninho em Tupi Guarani). Comentou que nestes grupos as primeiras leituras literárias feitas são as narrativas tradicionais, aquelas com “Era uma vez…” e as facécias (que são histórias engraçadas, de deboches e às vezes cruéis).
Segundo ela, depois dessas leituras, inicia-se com os contos para ouvintes adultos e a literatura infantil para bebês e crianças. Após as leituras, há um trabalho da escrita que são os diários de bordo ou escrever poemas exteriorizando os sentimentos. Nesses grupos há duas regrinhas quando se realiza o trabalho biblioterápico: não se pergunta sobre a vida do outro e não se fotografa.
Nanci finalizou a sua apresentação com a seguinte mensagem: “Meu relato de experiência é este deslumbramento intenso, esta aprendizagem constante […] Esta ambição desmedida de transformação. Com o outro, com a leitura, com as narrativas, com nossas próprias singularidades, com os afetos. É nesta Biblioterapia/Biblioteconomia que acredito e dou fé.”


Fonte: biblioo

quarta-feira, 28 de março de 2018

Empoderamento feminino na biblioteca


blog.crb6.org.br 21/03/2018


O 11º Prêmio para Inovação nas Bibliotecas Públicas EIFL teve uma vencedora brasileira. A Biblioteca Municipal Argentina Lopes Tristão, do município de Domingos Martins (ES), recebeu o prêmio por seu trabalho de empoderamento digital voltado para as mulheres, desenvolvido desde 2015.

O projeto teve início com a parceria firmada entre a biblioteca e a ONG Recode, organização que possui o objetivo de formar jovens autônomos, conscientes e habilitados para transformar o mundo com o uso da tecnologia. O recorte no empoderamento de mulheres veio de uma necessidade latente no estado. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o Espírito Santo possui uma taxa de homicídio de 6,9 mortes para cada 100 mil mulheres. A situação é ainda mais grave quando se analisa os casos que envolvem mulheres negras: o estado lidera o ranking nacional, com 9,2 mortes para cada 100 mil.

Considerando essa questão e a ausência de capacitações voltadas para mulheres, foi criado o curso de alfabetização digital da biblioteca. Nesse primeiro momento, a ONG doou 10 computadores e uma plataforma de cursos digitais, que seriam utilizados durante as aulas. O projeto, porém, acabou remodelado para atender a um grupo específico de pessoas – as pacientes da Saúde Mental, em uma parceria com a Secretaria de Saúde do município.

“No decorrer de dois meses, observamos que o curso de informática foi além do planejado e se tornou um recurso terapêutico para essas mulheres”, conta Ana Maria da Silva (CRB-6/ES 680), responsável pelo projeto e pela biblioteca.

A psicóloga Solange Lucena, que acompanhava as pacientes, relatou que a parceria proporcionou a oportunidade de as mulheres conquistarem aprendizados diversos, inclusive em questões que elas não se julgavam capazes. “Para algumas foi difícil encarar o desafio, mas quando conseguiram se abrir para o novo perceberam o quanto eram capazes. Ao término do curso elas estavam mais confiantes e motivadas a dar continuidade aos estudos. Era visível a felicidade e um novo brilho no olhar de cada uma”.

Formação dos jovens
Além do empoderamento das mulheres, outra conquista do projeto foi a capacitação dos jovens que se tornaram professores do curso. O Centro de Integração Escola Empresa do Espírito Santo (CIEE) já atua no município de Domingos Martins há três anos com o programa Adolescente Aprendiz. Formado em sua maioria por jovens estudantes de classe baixa, eles foram treinados para ministrar as aulas e utilizar a tecnologia para mudar suas realidades.

A bibliotecária Ana Maria conta que, no início, todos ficaram apreensivos em colocar, juntos, 14 mulheres fragilizadas e 20 adolescentes. “Deu certo e foi lindo ver a sensibilidade dos jovens ao ministrar as aulas. Em alguns casos, eles seguravam as mãos das pacientes e as ajudavam a conduzir o mouse. Foi umas das ações mais emocionantes que eu pude testemunhar no meu local de trabalho.”

Premiação e planos futuros
O prêmio Inovação nas Bibliotecas Públicas é promovido pela Electronic Information for Libraries (EIFL), uma organização que trabalha junto às bibliotecas para promover o acesso ao conhecimento para o desenvolvimento sustentável das comunidades. Em 2017, a Biblioteca Municipal Argentina Lopes Tristão foi uma das vencedoras e trouxe para Domingo Santos o reconhecimento internacional e o prêmio de 1,5 mil dólares.

“Foi fantástico. É o resultado de um trabalho feito junto com a comunidade, prestando atenção nas demandas e trabalhando com ela para resolver um problema”, comemora Ana Maria. A premiação será utilizada para desdobrar o projeto, que agora entrará em uma nova fase.

Novas turmas serão abertas nos dias 26 e 27 de março, com aulas até novembro deste ano. Ao todo, 60 mulheres serão impactadas, com 20 vagas destinadas às pacientes da Saúde Mental e outras 40 para mulheres do município.

Mas Ana Maria quer ir além. O próximo passo será criar um programa de empoderamento de meninas, visando diminuir a violência doméstica no município. Para isso, será preciso trabalhar com as mães e utilizar todos os recursos possíveis para atingir essas crianças, como peças de teatro, cinema, conversas com mulheres destaques em suas áreas, defesa pessoal e, claro, a tecnologia. “É um projeto enorme, mas de baixo custo. Ainda está na fase de construção, estamos fazendo contato com possíveis parceiros”, conta.


Fonte: Blog do Galeno

segunda-feira, 26 de março de 2018

Coletânea Phases Volumes 1 e 2

Divido com vocês a imensa alegria de participar deste projeto. 

Foi um momento muito especial com pessoas especiais que ao longo da jornada encontramos

A noite do dia 23 de março de 2018 reuniu todos os autores da Coletânea Phases volume I e Phases volume II com organização de Thereza Ferreira e coordenação editorial de Andreia Roma da Editora Leader e seus convidados na Livraria Cultura do Shoping Bourbon em São Paulo.

Em que Phase da sua vida você se encontra?

Vamos Desperta sua inteligência Emocional?

Temas Impactantes:
“Phases volume I – Da autodescoberta à Alta Performance.
10 comportamentos preciosos para você despertar sua inteligência emocional”

Superação, Autoconhecimento; Comunicação; Espiritualidade; Foco; Missão; Disciplina; Espírito de Equipe; Meta Modelo e Saúde.


Autores com Thereza Ferreira e Andreia Roma  - Phases - Vol.1



Nosso Banner













A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e área interna
Thereza Ferreira e Denise Miletto


A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Denise Miletto, pessoas sorrindo, pessoas em pé, pessoas sentadas e área interna
Eu e Wander Franco
Marlene Drumond, Renato Rosa, Andreia Roma e Eu


A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna
José Paulo Manara Miletto (meu esposo), Renato Rosa, Paulo Diniz e Eu


Thereza Ferreira, Neiva Santi e Luciana Maia (DIVAS)







Vanusa Vicelli e Eu



Adquira seu exemplar no link da Livraria Cultura ou com os autores.

Em São Francisco de Assis na HM Papelaria e comigo.



quarta-feira, 21 de março de 2018

As tantas lições do Cromossomo 21



A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, árvore, criança e atividades ao ar livre
Lucas, meu mestre
"Tive o privilégio de viver e experienciar o cromossomo 21 nas vinte quatro horas do dia com este filho amado, meu mestre que me oportunizou viver o presente de maneira tão intensa, cheia de amor e feliz, assim eles vivem. Muitas vezes pensei o que mais poderia fazer para o seu desenvolvimento, sua aprendizagem, ele me trazia para o aqui e agora, para eu viver e curtir o presente, sem as preocupações com o futuro. Permitir-se viver o presente e o amor incondicional são as grandes lições do Cromossomo 21. O mundo está carente do que eles vêm nos ensinar, desta lição simples que parece tão difícil. Quando amamos incondicionalmente tudo superamos e as barreiras são ultrapassadas, quando vivemos o presente nos encontramos com nosso ser divino, maravilhoso, atingimos nossa essência." 
Denise Miletto 

(Phase Espiritualidade do Livro Phases Vol. 1 - Do Autoconhecimento a Alta performance - 10 comportamentos preciosos para você despertar sua inteligência emocional)


21 de março - Dia Internacional da Síndrome de Down

terça-feira, 20 de março de 2018

Webinar Phases sobre Espiritualidade

É nesta quinta, às 20h...

Te esperamos...
Inscreva-se...
Sua presença é muito importante!

Cada dia mais, você procura respostas para entender sua conexão com tudo na sua vida?
Coincidências existem?
Sua intuição te ajuda?
Insight? O que é isso??
E se a chave de tudo isso estiver em suas mãos? No poder que pode exercer com o uso da sua INTELIGÊNCIA EMOCIONAL entendendo sua espiritualidade em menos de 50 minutos?

segunda-feira, 19 de março de 2018

Lançamento dos Livros Phases

Semana de lançamento dos Livros Phases

Reunir pessoas habilidade de Tereza Ferreira, fazer a diferença no mundo habilidade de cada um!
Só é preciso cada um fazer sua parte e aí tudo acontece.
Gratidão a cada um por sua energia colocada neste projeto.
Tenho certeza que faremos a diferença na vida das pessoas que entrarem em contato com o Phases!
Gratidão ao Universo por nos unir mais uma vez!

sexta-feira, 16 de março de 2018

TRILHAS distribui livros infantis para escolas de todo o Brasil

Divulgação

Professores cadastrados no Portal TRILHAS, iniciativa do Instituto Natura que apoia o trabalho de profissionais alfabetizadores, têm a chance de aumentar o acervo da biblioteca das escolas onde trabalham: o TRILHAS iniciou a distribuição de 10 livros literários de qualidade, voltados às crianças em fase de alfabetização, a docentes que indicarem um mínimo de cinco professores para o EAD do projeto. Os professores indicados devem atuar com alunos de quatro a oito anos de idade. Os livros serão liberados para envio aos docentes quando cinco dos indicados terminarem as primeiras 15 horas da formação a distância do TRILHAS, cujo prazo máximo para conclusão é 31 de outubro.

O EAD do TRILHAS é gratuito e traz atividades sobre leitura, escrita e oralidade para que os participantes aprofundem seus conhecimentos e aprimorarem o trabalho em sala de aula, contribuindo com a alfabetização das crianças até os oito anos de idade, como indica o Ministério da Educação (MEC).

A indicação dos participantes pode ser realizada por qualquer educador cadastrado no portal TRILHAS, pelo site: https://www.portaltrilhas.org.br/professoramigo. Neste link também estão detalhadas as regras de participação.

“O objetivo dessa ação é disseminar o TRILHAS para mais professores, colocando-os em contato com os conteúdos e com a formação do projeto, além de levar mais livros de qualidade aos alunos, possibilitando que mais crianças sejam inseridas no universo letrado”, conta a coordenadora do projeto TRILHAS, Joanna Gayotto.

Títulos como “A Casa Sonolenta”, “Quem Canta seus Males Espanta”, “A Flauta do Tatu” e “O Bicho Folharal” estão entre os que serão distribuídas.

O Instituto Natura (iN) – www.institutonatura.org.br - é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) que busca contribuir com a transformação da educação pública no Brasil e nos países da América Latina onde a Natura atua. Criado em 2010 com a visão de criar condições para cidadãos formarem uma comunidade de aprendizagem, o iN desenvolve e apoia iniciativas para professores, escolas, gestores públicos e consultoras Natura. Também dissemina e fomenta a discussão sobre os temas: escola em tempo integral, regime de colaboração e princípios de comunidade de aprendizagem.

quarta-feira, 14 de março de 2018

Salvador e Fortaleza ganham novas 'Festas Literárias'



A Caixa Cultural divulgou os projetos selecionados para o programa de ocupação dos seus espaços para 2018 e 2019. Projetos culturais nas áreas de artes visuais, teatro, dança, música, mostra de cinema, palestras, encontros, cursos, oficinas e lançamento de livros puderam se inscrever para ocupar os espaços da Caixa Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo com o objetivo de difundir a cultura pelo território nacional. Dentre os selecionados estão o Ciclo de Literatura afetiva, expandida, contemporânea - De Clarice ao pontocom, em Brasília, previsto para começar no dia 15 de outubro; o projeto Cordelizando, em Salvador, com data de início em 7 de junho; a Feira do Cordel Brasileiro, em Fortaleza, previsto para começar no teatro da Caixa no dia 2 de agosto e na Galeria Multiuso no dia 16 do mesmo mês; a FliCaixa - Festa literária da Caixa, que acontecerá em diversos locais de Salvador nos dias 18 e 25 de maio, e em Fortaleza, com início no dia 4 de outubro. E a I Mega Gibizeira: Quadrinhos independentes e uma periferia chamada Brasil, no Rio de Janeiro, prevista para começar em 5 de junho. A lista completa dos projetos selecionados você confere clicando aqui.


Fonte: PUBLISHNEWS, Redação, 15/01/2018


segunda-feira, 12 de março de 2018

Projeto que valoriza literatura feita por mulheres é premiado em MG


Jornalista Jéssica Balbino é a idealizadora do projeto 'Margens'


A jornalista e pesquisadora Jéssica Balbino foi premiada pela Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais pelo projeto Margens, que atua na valorização das mulheres na literatura marginal, periférica, saraus e slams no Brasil. A premiação aconteceu por meio do edital Prêmio de Cultura Urbana de Periferia – Canela Fina, que buscou a valorização, divulgação e estímulo à produção dos segmentos da cultura hip-hop nas periferias. Das 72 propostas recebidas, 28 delas foram premiadas. O projeto Margens é resultado da pesquisa de mestrado feita pela jornalista mineira entre 2014 e 2016 na Unicamp e valoriza a participação das mulheres na literatura. Para difusão de conteúdo, ela criou o blog Margens, fez o documentário Pelas margens, já exibido em festivais de cinema e literatura, e vários outros eventos. A iniciativa contou também com um mapeamento de mulheres que escrevem na periferia de todo o país e resultou em um mapa interativo, disponível no blog, onde é possível conferir, identificar e conhecer quem são as autoras da literatura marginal do país. Mais de 400 mulheres responderam ao questionário e participaram da pesquisa. “Quando criei o Margens, sabia que era um projeto inédito. Foi o primeiro blog do país a tratar da literatura marginal/periférica, dos saraus, slams e de toda esta cena que é efervescente e isso somado à produção das mulheres, que é um viés crescente, tenho muito potencial de crescimento e continuidade. É um projeto amplo e que pode ser ainda mais”, destacou Jéssica Balbino.

Fonte: Publishnews - 13/12/2017

quinta-feira, 8 de março de 2018

Simplesmente Mulher



Ser divino
Anjo sem asas
Escolheste a Terra
Como morada
Teus filhos
Companheiros de jornada
Traz sabedoria
Faz a diferença
Por ande passas
Mulher
Divina, humana
Simplesmente Mulher

                        Denise Miletto



Flores para você Mulher!


quarta-feira, 7 de março de 2018

Phases - Volume 1

Para mim é uma honra fazer parte do livro Phases Vol.1, contar um pouco das minhas buscas e através deste capítulo poder ajudar mais e mais pessoas a encontrarem e viverem sua essência.

O dia está chegando 23/3/18 será o lançamento na Livraria Cultura, Shooping Bourbon, Centro em São Paulo às 19h.


Você está convidado!




#phaseslivro #phases #phasestreinamentos
#phaseslançamentodolivro #phasesdavida
#phasesinteligênciaemocional #phasesinteligênciaartificial
#phasesaltaperformance #phasescontagemregressiva

segunda-feira, 5 de março de 2018

Atuação Profissional e Docente

Escolas Estaduais de São Francisco de Assis realizam momento formativo em preparação para o ano letivo 2018.
As escolas estaduais realizam reuniões de estudo, capacitação e integração para os servidores ao longo do ano, com o objetivo de aprimorar constantemente a formação dos professores e funcionários que atuam diariamente nas Instituições.

Na noite de hoje (28/2/18) aconteceu, nas dependências do Centro de Cultura e Eventos Franklin Bastos de Carvalho, um encontro com a temática; Atuação Profissional e Docente: As relações interpessoais (re)fazendo o espaço de trabalho e de aprendizagem, com o professor Rodrigo Dalosto Smolareck.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e área interna
A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Prof-Gilson de Oliveira, Carmem Janete Cunha e Elise Cristiane Dallomo Cáceres, pessoas em pé e área interna
A imagem pode conter: 1 pessoa, multidão e área interna

sexta-feira, 2 de março de 2018