Leia sempre, a leitura transforma.

Leia sempre, a leitura transforma.



segunda-feira, 30 de abril de 2018

REliA - Recursos Educacionais com Licença Aberta

Se você procura recursos educacionais com licenças abertas, dá uma olhada no RE-li-A, o primeiro referatório de REA do Brasil. Ajude a tornar o RE-li-A ainda melhor!
www.relia.org.br







REAMAT


REAMAT é um projeto de escrita colaborativa de recursos educacionais abertos sobre tópicos de matemática e suas aplicações. O objetivo é de fomentar o desenvolvimento de materiais didáticos pela colaboração entre professores e alunos de universidades, institutos de educação e demais interessados no estudo e aplicação da matemática nos mais diversos ramos da ciência e tecnologia.


sexta-feira, 27 de abril de 2018

Sergio Amadeu: Escolas precisam ensinar a usar internet com espírito crítico

Por Galeno Amorim
A gente sabe, mas não dá bola.

Fiquei com essa terrível sensação ao fazer a entrevista especial desta semana com o professor da Universidade Federal do ABC e sociólogo Sérgio Amadeu, conhecido pela defesa que faz do software livre.

Crítico contumaz sobre a questão da privacidade em tempos de mídias sociais, ele faz uma análise crua e fria sobre como e o que as grandes corporações andam fazendo com nossos dados pessoais, colhidos enquanto navegamos despreocupadamente na internet. É de arrepiar! Vale a pena ler a entrevista exclusiva, aqui do blog, e o seu recado e alerta para os educadores e formadores de leitores brasileiros.

Boas leituras!


Para o sociólogo e professor da Universidade Federal do ABC, que pesquisa as relações entre tecnologia, cultura e poder e foi membro do Comitê da Internet no Brasil, as mesmas tecnologias que trazem uma série de possibilidades positivas para a Educação também podem trazer elementos negativos. Doutor em Ciência Política pela USP, Sergio Amadeu, autor de do livro "Tudo Sobre Tod@s: Redes Digitais, Privacidade e Venda de Dados Pessoais", faz um alerta aos professores e profissionais da leitura: é preciso, mais do que nunca, aprender e ensinar a usar a internet com espírito crítico.



1. Embora muitos defendam a necessidade e a urgência da educação pensar formas de incluir os dispositivos de acesso à internet e as próprias mídias digitais na Educação, parece haver, por ora, mais dúvidas do que certezas nisso e se realmente é o caso. O que profissionais da leitura, como professores, bibliotecários e técnicos de projetos, precisam estar atentos para entrar nesse debate?

R) As tecnologias, em geral, são ambivalentes. Elas trazem uma série de possibilidades positivas para a Educação, mas elas também podem trazer elementos negativos. Uma das características dos processos culturais em torno das tecnologias digitais é a reconfiguração constante dos dispositivos e ferramentas. Essa reconfiguração pode trazer melhorias ou dificultar o aprendizado. Outro aspecto importante é que tudo que fazemos no mundo digital deixa rastros. Esses rastros são negociados no mercado de dados pessoais e valem muito dinheiro. Usar sem espírito crítico as plataformas da internet nos conduz a uma sociedade sem o mínimo de privacidade. Por que vocês acham que o Google dá gratuitamente uma série de programas computacionais para as escolas infantis?

2. O vazamento e o uso dos dados pessoais de milhões de usuários do Facebook estão alarmando pessoas no mundo todo. Qual o risco que as pessoas - sejam elas adultos, jovens ou crianças - estão correndo?

R) O Facebook armazena aproximadamente 300 milhões de Gigabytes de informação de seus usuários. Ele faz isso para vender os perfis das pessoas para as empresas que querem vender produtos para um público mais definido. No escândalo da Cambridge Analytica, os usuários do Facebook foram mapeados e tiveram seus perfis oragnizados por características psicológicas. Essa análise foi vendida para a campanha de Trump. Assim, o candidato republicano pode enviar postagens, vídeos e memes precisos, conforme os perfis de cada eleitor. O Facebook guarda nossos dados para vendê-los em amostras que visam modular nosso comportamento e opinião.

3. Qual o pulo do gato que leva grandes corporações que estão na internet a entregar, gratuitamente, produtos e serviços às pessoas, como aconteceu na onda recente da caça ao Pokemon, que, em poucas horas, mobilizou milhões de pessoas no planeta?

R) O que sustenta praticamente quase todas as plataformas que nos oferecem serviços e soluções gratuitamente são os dados pessoais que recolhem dos usuários. Esses dados são vendidos em estado bruto ou processados em amostras. Quando usamos o Waze, nossos trajetos pela cidade são armazenados e servem a construir nosso perfil que pode ser agregados com outros dados. Por exemplo, o jogo Pokemon Go visava coletar imagens dos vários ambientes em que as pessoas fotografavam. Na verdade, elas achavam que estavam apenas capturando o pokemon na sua pokebola.

4. Que papel os educadores podem ter, em sua opinião, para tratar de temas como a venda e o uso inconsequentes dos dados pessoais e de seus alunos, e deles próprios, além de familiares e amigos, nesse mercado?

R) Penso que os educadores devem mostrar a estrutura e a dinâmica da economia informacional que transformou os dados pessoais em matéria prima, no petróleo do século XXI. Acredito que uma das grandes tarefas é superar o senso comum e posturas que se baseiam em ditados como "quem não deve não teme". Quando você não protege seus dados pessoais você deve temer sim. Você fica completamente fragilizado. Se você precisa muito de dinheiro e resolve vender o seu carro, caso o comprador saiba da sua situação certamente conseguirá adquirir seu veículo por um preço inferior ao que vale. Em uma negociação, quando uma parte tem todas as informações sobre você e você tem pouca informação importante sobre o outro,é quase certo que você terá um resultado ruim. Hoje, uma série de corporações tem dados sensíveis sobre nossas vidas e nossa intimidade. Isso está sendo vendido. Isso nos fragiliza. Uma das principais missões dos educadores é formar cidadãos para viver protegidos em um capitalismo de vigilância.



Serviço:
eBook "Tudo Sobre Tod@s: Redes Digitais, Privacidade e Venda de Dados Pessoais"
Sergio Amadeu
Edições Sesc
Preço: R$ 9,00 (Oferta Livraria Cultura: https://bit.ly/2w607Dr)

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Mais de 3500 unidades vendidas

Já atingimos mais de 3500 livros vendidos em 45 dias do lançamento. 

Assim podemos proporcionar um valor diferenciado!

Queremos imensamente que estes livros ajudem você atingir seu PVC - Plano de Vida e Carreira.

Os valores de cada volume passam para 39,90.

Solicite desconto para a compra da coletânea!



A imagem pode conter: Tereza Ferreira, sorrindo, em pé e texto

Links: 

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Dia Mundial do Livro

23 de abril - Dia Mundial do Livro

Presenteie com Livros Phases no dia mundial do Livro!



A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Releitura de poema de Mario Quintana

A Turma 201 fez uma releitura do poema Auto-Retrato de Mario Quintana.

Resultado de imagem para autoretrato mario quintana


















O AUTORRETRATO

No retrato que me faço
- traço a traço -
Às vezes me pinto lua
Às vezes me pinto flor 


Às vezes me pinto coisas
De que não existem mais...
Apenas nas minhas lembranças
Mas que um dia existirão...

E, desta vida, em que procuro
- pouco a pouco –
Minha igualdade

No final, o que sobrará?
Um louco a procura
De sua igualdade

M. P., 201 


O AUTORRETRATO

Vejo-me às vezes
Como um aprendiz
Sendo adestrado pelas
Regras da sociedade

Ás vezes me sinto como
Se tivesse voltado no tempo
Para mudar o meu passado

Isso me deixa confuso
Pois não sei meu futuro
Mas a cada segundo
Estou mudando-o

G. H., 201


O AUTORRETRATO

Eu sou Andressa
Alegre e sonhadora
Com mau humor
Sempre sincera

Alta, com olhos esverdeados
Gosto de ajudar
O que não gosto
É de ficar nervosa

Pronta para ajudar
Seja qual a situação
Magra e de bom coração
Faço tudo para divertir
Quem ao meu lado está
Dizem que sou teimosa
Mas quem não é?!
Não guardo rancor
Mas também desejo ser respeitada

Andressa Parise, 201


O AUTORRETRATO

No retrato que me faço
-Traço a traço -
Às vezes me pinto tempestade
Às vezes me pinto calmaria...

Às vezes me pinto brisa
Que às vezes estão passageiras
De que nem me lembro mais...

E, desta lida, em que busco
- Pouco a pouco -
Minha eterna essência
No final o que restarias?
Um coração bom, de alma bonita!

V. B., 201
O AUTORRETRATO 

No retrato que me faço
-Traço a traço -
Às vezes me pinto alegria...
Às vezes me pinto tristeza

Às vezes me pinto coisas que não fazem
Mais parte do meu cotidiano...
Ou coisas que já não existem mais nele...

E, ao passar de cada dia, em busca
- Pouco a pouco -
Meus eternos aprendizados.
No final, que restará?
Traços de uma criança...
Terminando por um adulto.

L. R., 201


O AUTORRETRATO

No retrato que me faço
- Traço a traço -
Às vezes ruas escuras
Às vezes bosques escuros

Às vezes me pinto coisas
Nas quais só há saudade
Ou coisas das quais não queria lembrar
E desta forma, me pinto

- Pouco a pouco -
Meu eterno retrato
Que no final, um dia se esquecerá
Como um desenho de criança,
Como uma carta de romance
Esquecido na gaveta

E. T. M., 201

O AUTORRETRATO

Às vezes me pinto lua
Às vezes me pinto chuva
Às vezes nem me pinto

De preto e branco me sinto zen
Às vezes me pinto chuva
Às vezes me pinto rua
Vendo a verdade nua e crua

P. L. C., 201

Nova Ortografia

Autorretrato é a grafia utilizada pela nova ortografia. Quando o poema foi escrito por Mario Quintana a grafia era Auto-retrato.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Semana Literária no IEESF


Exposição dos Trabalhos

Nosso escritor homenageado
Mario Quintana
A Turma 201 fez uma releitura do poema Auto-Retrato de Mario Quintana.






segunda-feira, 16 de abril de 2018

Coletânea Phases chega a Salvador













Na terra da felicidade - Salvador aconteceu dia 13 de abril o lançamento da Coletânea Phases,na Livraria Cultura do Salvador Shopping , criada para garantir a alta performance através da inteligência emocional organizada por Thereza Ferreira.

Tenho certeza que estes livros acrescentarão para aqueles que assim permitirem fazer a diferença, conectarem-se com sua essência e missão de vida.

Entender um pouco mais sobre comportamento e suas emoções, sentimentos e superação, base para a construção da inteligência emocional, requisito primordial para o sucesso pessoal e profissional, é um dos objetivos dos livros Phases 1 (Da autodescoberta à Alta Performance) e o Phases 2 (Transformando Empreendedores em Empresários).

A obra conta com 10 passos entre a Autodescoberta e a Alta performance, são eles superação, autoconhecimento, comunicação, espiritualidade, foco, missão, disciplina, espirito de equipe, meta-modelo e saúde. Tal método possibilita as pessoas a entenderem em que fase da vida se encontra, qual fase quer chegar, qual fase precisa aprender e quais são as fases do sucesso em qualquer campo da vida.

No Phases I os escritores são: Wander Franco, palestrante motivacional; Jorge Rincón, coach, palestrante e advogado; Ana Rodrigues, advogada, professora doutora de Direito Processual Civil; Denise Miletto, professora; Sabrina Bemfica, nutricionista; Joelcio Wolfart, coach; Neiva Santi, psicoterapeuta; Marcos Roberto Silvério, administrador de empresas; Luciana Maia, coach; e Léo Aidar, psicanalista clínico.
Já no Phases II, com as mesmas temáticas, porém, voltado para o mundo empresarial quem escreve são Paulo Diniz, consultor, palestrante, coach empresarial; Eduardo Harada, empresário e coach; Renato Luís Rosa, gestor de marketing digital; Thereza Ferreira; dr. Luís Marcos dos Santos, advogado e máster em PNL; Mário Cesar de Magalhães Mateus, contabilista, advogado, empresário; Adriana Mayumi Sediyama Lelis, empresária e mestre em Ciências da Computação; Marcos Antonio Françóia, bacharel em Ciências Contábeis, com diversas especializações; e Marlene Drummond, empresária, máster coach, especializada em Hipnose Ericksoniana.

Registro do Evento em Salvador

A imagem pode conter: 9 pessoas, incluindo Luís Marcos Dos Santos, Neiva Santi, Eduardo Harada, Ana Rodrigues, Tereza Ferreira, Marcos Françóia e Denise Miletto, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: Tereza Ferreira e Denise Miletto, pessoas sorrindo

A imagem pode conter: Denise Miletto e Ana Rodrigues, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: Denise Miletto, sentado

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Denise Miletto e Neiva Santi, pessoas sorrindo, pessoas sentadas

A imagem pode conter: Denise Miletto e Jose Paulo Manara Miletto, pessoas sorrindo, pessoas em pé


sexta-feira, 13 de abril de 2018

Livres Livros em Salvador

Olhem o que encontrei em frente ao América Tower Hotel em Salvador

Em ocasiões anteriores publiquei neste blog sobre este projeto Livres Livros. 
Me deparar com ele numa via pública foi emocionante e mais ainda encontrei na caixa livros do santamariense Lauro Trevisan. 



      



Quer saber mais sobre este projeto acesse: http://livreslivros.com.br/. A gente é o que espalha e não o que junta. Um movimento de incentivo à leitura.


quarta-feira, 11 de abril de 2018

Porque a literatura nos torna mais humanos Galeno Amorim

por Galeno Amorim
Image result for galeno amorim

Esta semana fui falar porque a leitura literária nos torna mais humanos para um público diferente daquele com quem converso com maior frequência (crianças, adolescentes, idosos, professores, bibliotecários etc.). 

Desta vez, fui a um ambiente corporativo conversar com operadores do Direito: advogados, estagiários e universitários. 
Foi um bom papo. Mas nada traduziu tão bem o falatório quanto a frase de pé do ouvido que ouvi, mais tarde, do jurista Brasil Salomão, que dá nome ao Centro de Estudos Jurídicos e é um grande leitor. "Ótimos advogados nós já temos por aqui...", disse ele. "O que queremos são grandes seres humanos". Para isso, estimula que leiam literatura...

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Site Denise Mileto Palestrante

Gratidão filho Marcelo Cogo Miletto pela criação do meu site pela tua dedicação e empenho.
Tenha certeza que teu empenho e dedicação farão grande diferença no trabalho.
Visite:

segunda-feira, 2 de abril de 2018

Autismo

Falar sobre Autismo, talvez seja um pouco difícil para nós leigos.
Vivenciar o autismo também não é nada fácil!
Buscar informações podem transformar vidas.
Dr. Andreas Ludwig Kalcker (maior autoridade em Autismo segundo Dr. Lair Ribeiro) com certeza transformou e transforma muitas vidas.
Busque informações, leia sobre sua pesquisa e faça diferente.
Estas informações nos chegaram depois que o Lucas havia partido, não podemos usá-las com ele, mas acredito que quem buscar por respostas e informações encontrará nestes estudos.



Sobre o Livro

O mundo está mudando a passos gigantescos. A economia, as religiões, as relações pessoais, nossas prioridadades, incluindo o nosos próprio planeta, não parecem os mesmos. Cada vez mais pessoas estão decididas e mudar, explorar novos caminhos, e, se você possui este livro em suas mãos, sem dúvida, é uma delas! Parabéns! Seja qual for a razão que te trouxe até aqui, siga adiante!

Após o marco curativo do MMS, apresentamos o CDS. Um grande passo revolucionário no âmbito da saúde, uma solução incrível para ajudar o seu corpo a se previnir e a superar desde o mais simples até os mais severos problemas de saúde.

Seja você um médico em busca de novas opções para seus pacientes, terapias alternativas, ou um ser humano mais consciente quanto à sua saúde e a do seu próximo. O processo do CDS mudará sua vida!



Dr. Andreas Ludwig Kalcker

Dr. Andreas Ludwig Kalcker é um membro fundador da ONG Earth-Help-Project focado para ajudar o terceiro mundo com energia alternativa, água e saúde. Ele trabalhou na década de 90, no Centro de Novas Tecnologias em Barcelona, licenciado em economia e mais tarde em biofísica e saúde alternativa (Ph.D).

Ex-Membro do Instituto de Pesquisa IIEE Barcelona. Lecionou no "Clube Equestre" em "La Pedrera" (Gaudi) para os cirurgiões plásticos da Catalunha e Medicina na "Erasmus University” Bruxelas. Em 2014 no "O Espírito da Saúde” congresso de Saúde em Hanover Alemanha. Em Chicago na maior Conferência de autismo do mundo. Em Miami Beach Congress Center de 2014, entre outros. Lecionou também na Fundação do autismo em 2011 na Venezuela, Puerto Rico, Sofia-Bulgária. Em 2012 Praga - na República Checa, entre muitos outros.

Sua apresentação, é uma nova descoberta médica sobre o uso de um novo desenvolvimento de pH neutro de dióxido de cloro injetável (CDS) e abre novas possibilidades além uso convencional.

Em "Autism One", a maior conferência mundial sobre o autismo, em Chicago de 2013, ele apresentou o novo conceito de: parasitológico Vaccinosis, toxinas liberadas por parasitas que são a verdadeira causa dos sintomas conhecidos como o autismo regressivo. Ele desenvolveu um novo protocolo inovador de que o autismo pode ser curado, com mais de 164 remissões documentados em 3 anos.

Fonte: http://andreaskalcker.com.br/

domingo, 1 de abril de 2018

É Páscoa, Renascimento

A imagem pode conter: céu, árvore, grama, nuvem, atividades ao ar livre e natureza

É domingo de Páscoa, dia de renascimento. Sinto que é tempo de escrever. Tem dias que me recolho no mais íntimo do meu ser. São dias de quietude externa e talvez inquietude interna, dias de buscar o equilíbrio, respirar muito, aquietar-se.
É preciso muitas vezes sair de cena para ficar com você mesma, refletir sobre tudo e concluir que tudo está certo aliás, não há certo ou errado e sim o que é, simplesmente é.
É preciso na maioria das vezes simplesmente ser, ser um com você mesmo, com todo o seu ser físico, mental, emocional e espiritual, ser um com o cosmos, ser um com a natureza, com a vida, com a morte. Nascemos e morremos diariamente.
Para cada situação que não queremos mais em nossas vidas haveremos de morrer para elas e consequentemente nascer para outras tantas. Vamos fazendo escolhas entre nascer e morrer. O que você escolhe morrer em sua vida? O que você escolhe nascer ou renascer?
É tempo de renascimento, de deixar fluir tudo o que há de melhor dentro de você. Deixe renascer o amor, a paz e a luz que há dentro de você. Busque em você o que há de melhor. Faça com que sua vida aconteça da melhor maneira possível. Isto é possível a partir de você.
Hoje o dia amanheceu cinzento, talvez chova no decorrer do dia, mais saiba que dentro de você há um sol que brilha e que pode ser acessado independente do dia estar nublado ou não. Há muita luz dentro de você, há sabedoria, isto tudo precisa ser encontrado bem aí dentro de você.
Muitas vezes é preciso sair, desconectar-se do mundo externo para encontrar-se com o interno.
Acredito que a Páscoa traz esta reflexão de morte e renascimento em nossas vidas, que acaba fazendo com que continuemos evoluindo, nos construindo. Estamos em contínuo processo de morrer e nascer e isto traz um alento de que a cada dia podemos ser um pouco melhores do que o outro, pois podemos morrer para tudo aquilo que não queremos mais em nossas vidas e no mundo e nascer para tudo aquilo que queremos.
Você escolhe!
E assim é!
Muita luz, amor e paz!
Gratidão, gratidão, muita gratidão!

Denise Miletto
1º/04/2018